Seguidores

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

TEU CORPO


.
Teu corpo é uma grande viagem


donde paisagens se abrem


buscando serem reconhecidas


Pelos prazeres inenarráveis que oferecem






Teu corpo,íngreme despenhadeiro que meu corpo mergulha


Achando o que procura a cada lance da descida


Mais e mais sensações novas e embriagantes


O máximo que pode oferecer esta vida de galope delirante


E,no fim o esperado chão:


A explosão do corpo,o fim dos sentidos


Porém,nova emoção antecipa o choque:


Teu corpo nu e iluminado


Feito rede de infalível amor me ampara com seus seios fortes


Seus lábios de nuvens escarlates


Seu coração de ondas macias






Teu corpo, e o que vai além dele


Me abraça e caricia, me fazendo perceber outros corpos em mim que nem sabia


São vários corpos que temos e que se projetam


Amalgamados em outros patamares de plenitude






Teu corpo,tesouro descoberto, luz dourada


Desejamos estar coesos sempre


Na aventura de perder e recomeçar novas jornadas


Em entrega sem desejo de recompensa


O apenas ir sem escolher o melhor fim






Teu corpo e meu corpo já não cabe em nós


há um mundo adverso que o solicita


nossa paixão mútua transborda e nisso se excita


Indo então lançar luzes ao oceano de ondas turvas...


Alardeamos em bom tom,á guisa de salva-vidas, haver um horizonte múltiplo de inequívoca herança


Daqui, dá para sentir e ver a beleza dessa aventurança


Sempre presente desde tempos idos...


Há tantos que nunca compuseram com a voz do coração


Tateiam ainda na obscuridade dos vencidos

Um comentário:

Vanice Ferreira disse...

Bom dia Fernando, linda e encantada poesia,parabéns!Amor pleno e maravilhoso!Abraços.